terça-feira, 9 de setembro de 2008

unívocos.


sinto-me tão enfastiada de realidades que me abrigo em letras.

e me realizo em realidades outras.

que não possuem meu nome.

palavras estranhas em que busco sinônimos.

sôfrega e ambígua. mas repleta.

regojizo em frêmitos de inspiração.



by anne at 10:45 p.m.

3 comentários:

Rosa Desfolhada disse...

Vi seu texto no Projeto Releituras!
Gostei muito!
Estilo lispectoriano... o meu preferidinho!

Parabéns!

Fernanda disse...

Bom demais! Tô seguindo...

Juliana Camila disse...

hummmmmmmm..medinhoooo